Um Deus ansioso

Oi, gente ! Tudo bem ? A Paz do Senhor !

Acho que minha fase de falta de insperação ta quase acabando !
No próximo post, se Deus quiser, eu escrevo alguma coisa minha.
Hoje, no entanto, quero compartilhar com vocês um texto que mexeu muito comigo !
Li no Juventude na Rocha e esse é mais um Blog que vale a pena a visita !

Oba! O meu filho está acordando! Qual será sua primeira palavra pela manhã? Ele virá conversar comigo? Estou ansioso por este momento, tenho tanto o que lhe falar, tantos segredos para contar! É, ele saiu correndo, parece que está atrasado. Nem se lembrou de mim, mas tudo bem, ainda tem o dia inteiro. O espero.

Chegou a hora do almoço. Ele comeu com pressa, riu com alguns amigos, e logo voltou ao trabalho, parece que este é mais importante que eu. Eu só queria conversar um pouco com ele e dizer que estou o observando durante todo o dia e o guardando, mas parece que ele está sem tempo para mim.Passou o restante do dia super ocupado, cheio de atividades, trabalhos, e na hora que chegou em casa meu filho finalmente conseguiu tirar um tempinho para ele. Mas infelizmente, como eu disse, esse tempo foi para ele. Ele não me percebeu durante o dia sequer um minuto, e olha que não me ausentei de perto dele.

Hora de dormir e nada mais segura o meu filho. Banho tomado, pijama e cama, agora ele me dará atenção, espero. Ele se arruma na cama. Olhou a bíblia. Agora sim! O melhor momento do dia!
O meu filho poderá conversar comigo sem ninguém o interromper. Só eu e ele. Pai e filho. Amigos. Como estive ansioso por este momento, esperei o dia todo só para ouvir a voz de meu filho! O que será que ele tem para me contar? Eu vi como ele passou o dia atarefado mas feliz, acho que vai me contar alguma novidade. Eu já sei, mas não há nada mais prazeroso para um pai ouvir das alegrias de um filho. Seus olhos ainda não saíram da bíblia. Vamos filho, abra!! Quero me revelar a você! Tenho alguns segredos para te contar!

– “Deus vai entender, estou cansado, hoje não dá”.

E meu filho apaga a luz e se deita, dorme como se nada tivesse acontecido. Virou rotina. Aliás, faz tempo que não falo com o meu filho. Ele diz não ter tempo, mas o tempo que tem desperdiça. Isso me entristece, mas não consigo deixar de amá-lo e de renovar minhas misericórdias sobre ele toda manhã. Amanhã é outro dia, e o espero ansiosamente novamente. Estou à uma oração de distância.

(Eu não quero nem imaginar se Deus nos tratasse da mesma forma que o tratamos. Imagine Jesus nos dizendo: “Eu ia morrer na cruz por você, mas na hora não me deu vontade, ou esqueci, ou não tive tempo, ou simplesmente não deu”). 

Sem palavras !Fiquem todos com Deus,

Simplesmente como Jesus ♔

Comente aqui...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s