violência

Ficar irado ou se compadecer?

Mistérios e dúvidas ainda cercam o crime, que aconteceu no domingo (4/8) em Brasilândia, Zona Norte de São Paulo. Uma investigação policial trouxe respostas rápidas sobre a morte de cinco pessoas de uma mesma família. Mas as hipóteses levantadas ainda despertam dúvidas, entre elas, está a de que um adolescente de 13 anos, filho de um casal de militares, teria praticado o crime.

Estou certo de que nestes últimos dias, todos nos ficamos surpresos, estarrecidos, assustados e indignados com este acontecimento. Quem matou estas pessoas? Será que uma criança enlouqueceu ou que já estaria doente sem ter dado sinais de uma possível alteração psiquiátrica? Poderia ser ela fruto de uma família e de um ambiente adoecidos ou será que homens insanos executaram esta família inteira?

Certa vez Jesus entrou em uma sinagoga e estava ali um homem com uma das suas mãos seca, mirrada. Os fariseus entraram para ver se Jesus curaria no sábado. Queriam algo para o acusarem. Então Jesus disse ao homem que tinha a mão mirrada: Levanta-te e vem para o meio. Jesus perguntou: É lícito no sábado fazer o bem, ou fazer mal? Salvar a vida ou matar? E eles ficaram calados. E, olhando para eles ao redor com indignação, condoendo-se da dureza de seus corações, disse ao homem: Estende a tua mão. E ele a estendeu, e foi curado no mesmo momento. Os fariseus, irados, ficaram planejando como matar a Jesus (Marcos 3.1-6).

Observe a diferença: Jesus é capaz de se indignar e ao mesmo tempo de se condoer, se compadecer do comportamento doentio das pessoas de coração endurecido. Já outros se indignaram por Jesus fazer o bem e curar o doente, e ainda planejaram matá-lo. Penso: Quem era o verdadeiro doente? O homem da mão mirrada ou os homens de corações endurecidos? Quais são as razões para tanta doença neste mundo? Dinheiro, poder, prazer, inveja, ódio, vingança? Não conseguiremos ter as respostas para todas as nossas perguntas, eu sei.

Mas com esses assassinatos em SP e com essa passagem bíblica podemos aprender duas coisas muito importantes: Primeiro, que todos nós podemos ficar indignados por causa do bem ou do mal que o homem pode causar aos outros. Segundo, que todos nós podemos escolher responder à indignação nos compadecendo, ou gerando mais ódio.

Jesus disse que nos últimos tempos, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriaria. Mas aquele que perseverar até ao fim seria salvo. Persevere! É o que Jesus diz: Não deixe o mundo endurecer seu coração por causa do poder, do dinheiro, da inveja, da vingança. Persevere! Não deixe estes sentimentos esfriarem o seu coração.

Aquele que diz que ama a Deus deve amar a seu irmão. Perdoe e você será perdoado. Libere o perdão e você será liberado de todas as suas dores e doenças. Entregue completamente a sua vida a Jesus e terá um novo coração.

“E lhes darei um só coração, e um espírito novo porei dentro deles; e tirarei da sua carne o coração de pedra, e lhes darei um coração de carne; para que andem nos meus estatutos, e guardem os meus juízos, e os cumpram; e eles me serão por povo, e eu lhes serei por Deus.” (Ezequiel 11.19-20)

::Fernando Borja – Apresentador do programa “Alerta Geral”

Comente aqui...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s